5 dicas para comprar uma moto no leilão e evitar possíveis problemas!

5 dicas para comprar uma moto no leilão e evitar possíveis problemas!

Veja neste artigo algumas dicas essenciais para comprar uma moto no leilão e evitar possíveis problemas na compra!

Uma motocicleta usada ou de salvamento online é uma ótima maneira de economizar dinheiro. 

Afinal, todos os tipos de motocicletas estão disponíveis. Se você caçar por tempo suficiente, você tem certeza de encontrar a moto que procura por um ótimo preço. 

Há alguns fatores-chave a serem considerados, especialmente se você estiver comprando uma motocicleta de leilão.

Aqui estão 5 dicas para ter uma agradável experiência ao comprar uma moto no leilão online ou presencial!

Dicas para comprar uma moto no leilão

1 – Lembre que todas as vendas de motocicletas de salvamento são finais

Isto não é necessariamente verdade para cada leilão de veículos, mas para a grande maioria dos locais não há uma política de retorno a ser falada. 

Afinal, todas as motocicletas de salvamento são vendidas como estão e, como não há como ver as motocicletas pessoalmente, quanto mais para testá-las, entenda antecipadamente que você está assumindo algum risco.

2 – Faça a sua pesquisa detalhada

Rastreie a marca e o ano da motocicleta de salvamento em que você está interessado e veja se esse modelo específico tem algum problema em comum. 

Dependendo da facilidade de conserto, o tipo certo de leilão pode lhe conceder uma moto que pode ser consertada e digna de ser usada nas ruas em pouco tempo. 

Da mesma forma, aprenda a identificar problemas só de olhar as fotos da motocicleta de salvamento. 

As questões cosméticas podem ser fáceis de identificar, mas a menos que você esteja procurando fazer grandes reparos, evite quadros dobrados ou motores que não estejam intactos.

3 – Pesquise por números reais

As motocicletas de resgate ganham seu status porque exigem reparos que representam uma proporção significativa do valor de revenda da motocicleta, geralmente na faixa de 75%-90%. 

Isto significa que as motocicletas mais caras requerem danos substanciais para se qualificarem para o status de salvas. 

Além disso, as motocicletas mais velhas, por outro lado, podem ter sido retiradas apenas uma vez para solicitar que uma companhia de seguros as declare totalizadas.

As motocicletas que têm uma capota ou um assento com capota ou assento ocupado podem ser reparadas com peças usadas ou soluções criativas como colagem e pintura de sucata de fibra de vidro. 

Desde que o dano seja meramente cosmético, há pouco risco de segurança na escumação em reparos.

4 – Conte com um mecânico confiável

Saber consertar você mesmo a motocicleta de salvamento seria o ideal, mas se você não é muito cabeça de engrenagem, compensa ter um amigo que conhece o caminho ao redor de uma chave inglesa. 

A solução de problemas exigirá familiaridade com os problemas comuns da motocicleta. Ter acesso a peças baratas também pode tornar o processo de reparo significativamente menos dispendioso.

5 – Mantenha os seus olhos abertos

Parte da diversão e da excitação dos leilões online de motocicletas é que você nunca será capaz de prever qual será a próxima listagem. 

Alguns veículos terão sofrido quase nenhum dano, e os veículos roubados recuperados que ainda foram totalizados pela companhia de seguros estarão muitas vezes em perfeitas condições, exceto talvez algumas peças em falta. 

O truque é verificar constantemente aquele leilão perfeito e ser capaz de reconhecer rapidamente uma listagem ideal. Sempre dedique tempo para realizar as pesquisas necessárias e examine as fotos fornecidas com extremo cuidado.

Dúvidas sobre como comprar uma moto no leilão? Deixe abaixo nos comentários!

Bruna Cezario

Estudante de Administração pela Universidade de São Paulo, atuo como redatora de conteúdo digital. Sou apaixonada por marketing digital, empreendedorismo, finanças e carros. Tornar esses assuntos fáceis de serem compreendidos por você, é o meu principal propósito!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.