Conheça os pneus que podem rodar mesmo furados

0

Pneu furado é sempre um problema, mas você sabia que existem alguns que mesmo nessa condição continuam rodando?

Poucas situações são mais desagradáveis do que se deparar com um pneu furado. Além disso, dependendo da situação, isso pode colocar o motorista em risco. Para evitar esse tipo de dor de cabeça, alguns fabricantes lançaram um pneu que continua rodando mesmo furado.

Ficou curioso? Neste artigo você vai saber mais detalhes sobre os pneus tipo Run Flat e Seal Inside, que permitem que você siga para o seu destino sem maiores preocupações mesmo se estiverem furados. 

Pneus que podem rodar mesmo furados

Com a intenção de oferecer maior comodidade e segurança para os motoristas durante o imprevisto de um pneu furado, a BMW desenvolveu o pneu do tipo Run Flat.

Este tipo de pneu consegue rodar sem ar por até 80 quilômetros, desde que o motorista não ultrapasse o limite de 80 km/h. 

Isso é possível porque os pneus Run Flat contam com reforços estruturais nos flancos, ombros e talões (a lateral e o aro de fixação na roda), impedindo que as rodas entrem em contato direto com a banda de rodagem. 

O motorista notará poucas diferenças no comportamento do veículo enquanto estiver dirigindo com o pneu furado. A sensação é de rodar abaixo da calibragem recomendada pelo fabricante do veículo.

Atualmente, as empresas BMW , Audi, Mercedes-Benz e Porsche já utilizam os pneus Run Flat na fabricação dos seus carros, com exceção de alguns modelos esportivos. 

Imagem: Pixabay

Como é a acessibilidade do pneu Run Flat?

Se você gostou da inovação e quer colocar esse tipo de pneu no seu veículo, saiba que o automóvel precisa ter sido desenvolvido para receber o pneu Run Flat, pois ele deverá contar com o TPMS (sensor de pressão), além do desenho das rodas ser diferente e eles pesarem até 4 quilos a mais que um pneu comum.

Outro fator que impede os pneus Run Flat de serem instalados em qualquer veículo é que os carros precisam ser equipados com sensores de pressão dos pneus, uma vez que o motorista pode não notar o esvaziamento e continuar rodando na sua velocidade normal por mais que 80 quilômetros, o que é o limite da rodagem com o pneu furado. 

Mesmo com as limitações de instalação em qualquer veículo, comprar um carro com pneus Run Flat pode ser uma ótima alternativa, principalmente para quem vive viajando na estrada. 

Porém, é importante ressaltar que quando for preciso trocá-lo, você precisará desembolsar um valor alto, já que esses pneus são bem mais caros que os convencionais. Em uma pesquisa rápida na internet, você pode encontrá-lo sendo vendido a preços de em média R$ 1.500.

Pneus tipo Seal Inside

Outra opção existente no mercado são os pneus tipo Seal Inside. Eles são pneus auto-selantes, pois recebem uma pasta densa  composta de borracha maleável durante sua fabricação. 

Essa pasta permite que a saída de ar seja vedada em eventuais perfurações ocasionadas por objetos pontiagudos. Esse tipo de pneu, ao contrário do modelo Run Flat, pode ser utilizado em qualquer veículo, mesmo que não tenha sido fabricado para isso. 

De forma prática, o Seal Inside funciona da seguinte maneira: um material vedante incorpora-se ao objeto causador da perfuração, impermeabilizando todo o seu contorno, caso o objeto permaneça no pneu, quando é removido, o material vedante é “arrastado” para o interior do orifício, selando as suas bordas

Em relação à rodagem, mesmo com o pneu furado, com o Seal Inside o motorista conseguirá rodar vários quilômetros, o que não ocorre com o Run Flat, onde o motorista pode se locomover apenas 80 km com o pneu furado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.