A nova CNH está liberada em todo o Brasil, saiba como conseguir a sua!

A nova CNH está liberada em todo o Brasil, saiba como conseguir a sua!

Descubra neste artigo as principais novidades sobre a nova CNH que será atualizada em todo o país nos próximos meses!

Desde o dia 1º de junho, passou a vigorar no Brasil a nova CNH. Com o intuito de tornar-se mais segura e funcional, a Carteira Nacional de Habilitação passou por uma série de alterações válidas a partir da data citada.

A ideia é que o documento seja mais informativo e que tenha também a probabilidade de falsificação diminuída. Além do grande número de informações aderidas, alguns itens de segurança extra foram implantados na nova CNH.

Não há necessidade de correr para trocar a sua, se ela ainda estiver vigente, sendo que apenas as emitidas a partir daquela data trarão obrigatoriamente o novo modelo.

Porém, aos que desejarem, mediante o pagamento da devida taxa, uma nova via poderá ser expedida. Mas, antes de decidir isso, entenda um pouco mais sobre as novidades que estão aí.

O que muda na nova CNH?

Há muita novidade na nova CNH e, ao que tudo indica, todas apontam para o caminho de melhorias. Os motoristas terão um documento mais completo em mãos, o que facilitará muito tanto para eles, quanto para os órgãos fiscalizadores.

Para que você entenda de forma mais fácil, separamos as atualizações em dois grupos: quanto às mudanças referentes às informações constantes nas habilitações e quanto ao documento em si.

Acréscimo de informações

As novas CNHs possuem uma gama muito maior de informações que as anteriores. O novo modelo se parece mais com os documentos internacionais, possuindo agora identificação em português, inglês e francês.

Consta ainda a informação gráfica sobre a permissão ser provisória ou definitiva, demonstrada pelas letras P ou D. Dados profissionais e também sobre as condições médicas do condutor foram anexados, facilitando assim a conferência.

Um código, que integra as informações (como em passaportes) foi inserido nas novas CNHs, assim, os condutores passam a conseguir embarcar em todo o Brasil utilizando-se desse documento diretamente nos terminais de autoatendimento.

Maior segurança no documento

As alterações físicas são, em maioria, voltadas à garantia de proteção do documento. Um holograma e identificadores visíveis apenas com luz UV foram acrescentados para que a segurança fosse ainda mais fortalecida.

O documento agora é, prioritariamente, verde e amarelo e conta com informações escritas com tinta que brilha no escuro.

Um campo com informação visual de quais categorias de veículos o condutor tem autorização para dirigir também foi acrescentado na nova CNH, o que a torna muito mais fácil de ser compreendida quanto a esse tema.

Como fica a situação da CNH de quem não precisa renová-la?

Apesar da série de mudanças e facilidades, não é necessário que você renove sua CNH antes do prazo de validade dela expirar. A menos que você sinta necessidade, por conta das diversas novidades apresentadas, as habilitações antigas seguem valendo.

Apenas as emitidas a partir da data em que passou a vigorar serão expedidas no formato novo de forma compulsória. Ainda assim, uma segunda via pode ser solicitada, caso o condutor assim desejar.

Mediante o recolhimento das taxas devidas, o motorista poderá solicitar junto ao DETRAN a sua nova versão tanto em formato físico quanto também on-line.

Dúvidas? Deixe abaixo nos comentários!

 

Bruna Cezario

Estudante de Administração pela Universidade de São Paulo, atuo como redatora de conteúdo digital. Sou apaixonada por marketing digital, empreendedorismo, finanças e carros. Tornar esses assuntos fáceis de serem compreendidos por você, é o meu principal propósito!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.