Etanol ou gasolina: qual compensa mais?

Combustível não vem custando pouco, e procurar uma opção que compense mais é o que muitos brasileiros vem fazendo.

Os carros flex são aqueles que podem ser abastecidos tanto com gasolina quanto com etanol. Ter a opção de escolher é excelente, mas com o aumento no preço dos combustíveis isso se tornou algo essencial.

Afinal de contas, economizar na hora de abastecer se tornou algo indispensável. Não é novidade para ninguém que o aumento dos combustíveis vem fazendo com que muitas pessoas fiquem em dúvida: entre a gasolina e o etanol, qual o mais em conta? É sobre isso que falaremos neste artigo.

Imagem: Pixabay

Etanol x gasolina: existe um mais em conta que o outro?

Olhando para um panorama geral, o etanol é o combustível que rende menos energeticamente quando comparado com a gasolina. O rendimento a menos chega a cerca de 30%, e isso pode gerar um grande diferença para os consumidores, dependendo das cidades e dos preços cobrados pelos postos.

Vale lembrar também que os carros movidos a etanol sempre gastaram mais que os abastecidos com gasolina. Entretanto, com a chance de se ter um carro flex dentro da garagem, muitas pessoas passaram a rever as suas contas sempre que vão abastecer.

Como cada combustível tem uma estrutura diferente de preço, sempre com o etanol custando menos, o condutor desiste de calcular e vai logo nele.

Enfim, a verdade é que existe uma série de fatores que fazem os condutores ficarem em dúvida. Portanto, vamos direto ao ponto: qual é o mais barato?

Afinal, qual sai mais barato?

Apesar de barato, é necessário fazer um cálculo para saber se o etanol é de fato vantajoso quando comparado com a gasolina. O cálculo é simples, sendo necessário apenas dividir o preço do litro do etanol pelo litro da gasolina. 

Quando o resultado é menor que 0,7, o etanol é sim a melhor escolha para o seu veículo. Porém, se o resultado for maior, opte pela gasolina.

Existe também outro fator essencial para agregar a essa conta: o consumo total de combustível em cada veículo. Quando pegamos um carro como o Ônix, a média em seu uso urbano é de 9,9 km/l com etanol, enquanto com gasolina é de 13,9 km/l com gasolina.

Fazendo a divisão do valor do etanol pela gasolina nesse exemplo, chegamos ao valor de 0,71. Nesse caso, se o álcool custar 70% o preço da gasolina em seu posto preferencial, abasteça seu carro de forma tranquila, pois você vai estar sim tendo uma vantagem na finança.

Vale ressaltar que esse cálculo vai mudar a depender do veículo. Portanto, além de analisar o valor dos combustíveis, deve-se analisar também o consumo de cada modelo também no momento de encher o tanque com gasolina ou etanol.

Alta dos combustíveis

De acordo com os dados fornecidos pelo índice de Preços Ticket Log, a gasolina fechou o final do ano de 2021 com uma alta de aproximadamente 46,7% no comparativo com o ano anterior. Enquanto isso, o etanol também apresentou aumento, só que bem maior: 56,5% em comparação com ano de 2020.

Em dezembro de 2021, a gasolina custava na média de R$6,890, ou seja, bem maior que o que custou no mesmo período de 2020, que era R$4,696.

Já o nosso etanol fechou o final de 2021 com R$5,779. Essa escalada no preço só deve continuar, principalmente agora com a crise Rússia x Ucrânia. Acontece que o conflito entre os países europeus pode afetar ainda mais o aumento dos combustíveis, que já tinha a tendência de aumentar.

Imagem padrão
Edson

Iniciando o primeiro período na faculdade de cinema e redator. Trabalhando com a escrita desde 2018, sempre encarei os meus textos com grande responsabilidade, e escrever sobre finanças e economia não vai ser diferente. Descomplicar esses temas para o público geral com certeza é o meu maior desafio, e espero que vocês me acompanhem nessa.

Deixar uma resposta