Mercedes-Benz 300 SLR Unlenhaut Coupé é o carro mais caro do mundo

0

Já imaginou pagar mais de 100 milhões de dólares em um carro? Agora é oficial: o Mercedes-Benz 300 SLR Unlenhaut Coupé é o carro mais caro do mundo!

Os rumores de que uma unidade do modelo havia sido arrematada por valor recorde foram confirmados pela Mercedes-Benz no final de maio deste ano. A marca vendeu o carro mais caro do mundo: um raríssimo coupé Mercedes-Benz SLR de 1955, que havia sido mantido na coleção da montadora alemã.

A venda foi realizada para um proprietário privado por nada mais, nada menos que US$ 142 milhões, o equivalente a pouco mais de R$ 700 milhões, pela cotação atual do dólar.

Ao ser vendido por este valor, o Mercedes-Benz 300 SLR Unlenhaut Coupé se tornou o carro mais caro já vendido no mundo, de acordo com a Hagerty, empresa que acompanha os valores dos automóveis de colecionador.

Para se ter uma ideia, o valor de US$ 142 milhões é o suficiente para comprar 12 Lamborghinis Aventador Ultmae e ainda sobra dinheiro para uma eventual Ferrari 250 GTO.

Pensando em carros populares, com este valor é possível comprar 11.579 unidades do Fiat Mobi, considerado o carro mais barato do país, que custa R$ 62.690. 

Atualmente, só existem duas unidades do veículo. Elas foram produzidas depois que a Mercedes saiu do automobilismo em 1955, após um acidente nas 24 Horas de Le Mans, que causou a morte de 83 espectadores. 

O icônico Mercedes recebeu o nome Uhlenhaut em homenagem à Rudolf Uhlenhaut, chefe do departamento de testes da empresa, que usava o cupê diariamente.

De acordo com a casa de leilões, “o modelo sempre foi considerado uma das grandes joias da história do automobilismo, mas poucos imaginaram que seria colocado à venda”.

Considerado também como um dos melhores exemplos de engenharia e design automotivo, o Mercedes-Benz 300 SLR Unlenhaut Coupé já foi citado várias vezes como o carro mais bonito do mundo por especialistas e admiradores. 

“O notável 300 SLR foi baseado no enorme sucesso W 196 R Grand Prix que ganhou dois Campeonatos Mundiais nas mãos de Juan Manuel Fangio, mas com seu motor ampliado para 3,0 litros para corridas de carros esportivos. O carro era capaz de atingir 180 milhas por hora [290 km/h], tornando-o um dos carros de estrada legais mais rápidos já criados até então”, afirma a Sotheby’s.

Venda aconteceu em maio

A venda do modelo foi feita no dia 5 de maio, em um leilão realizado no museu Mercedes-Benz em Stuttgart, na Alemanha. 

“Seus carros de corrida das décadas de 1930 e 1950 são raros e a maioria ainda pertence à fábrica. Então, qualquer um que chegue ao mercado é muito procurado”, disse Brian Rabold, vice-presidente de inteligência automotiva da Hagerty.

O valor de US$ 142 milhões será usado ​​para criar um fundo da Mercedes-Benz, que pretende fornecer bolsas de estudos e pesquisas de longo prazo para jovens nas áreas de ciência ambiental e descarbonização.

O modelo icônico foi vendido com condiçõe. O comprador concordou em deixar o 300 SLR Uhlenhaut Coupé acessível em casos de exibições públicas espaciais. 

O segundo 300 SLR Coupé original permanecerá como propriedade da empresa e continuará a ser exibido no museu Mercedes-Benz em Stuttgart. Ambos os cupês ficaram sob os cuidados da Mercedes durante todos estes anos e são considerados os carros mais valiosos do mundo. 

Ambos os carros têm 67 anos e aparentam ter uma velocidade máxima de 299,3 km/h.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.