Quanto custa fazer revisão em carros elétricos?

Muitas pessoas dizem que a revisão em carros elétricos é mais barata que em veículos à combustão. Vamos esclarecer isso ao decorrer deste artigo. 

De acordo com a UCorp, os custos para a manutenção e revisão dos carros movidos a eletricidade podem chegar a ser dez vezes menores em comparação com os carros movidos a combustão.

Neste estudo feito pela Startup foram comparados todos os gastos da manutenção, a eficiência e até mesmo a emissão do CO2 dos carros à combustão e os carros elétricos.

Nesta análise, um dado bastante interessante foi apontado quanto ao número dos componentes dos modelos elétricos contra os modelos à combustão. Enquanto os veículos que usam combustíveis fósseis contém 2.400 pelas, em média, os elétricos têm apenas 250, diminuindo bastante a quantidade de componentes que vão ser inspecionados no momento da revisão.

Em relação ao desgaste das peças, os carros elétricos conseguem outra vantagem também. O curso energético desse tipo de modelo é bem menos, sendo que o mesmo aproveita 90% da eficiência energética que é disponível, enquanto os movidos a combustão aproveitam somente 30%.

Isso acaba fazendo com que o custo operacional do sistema de um carro elétrico seja bem menor, pois ele sofre um desgaste inferior do seu conjunto motriz. Quando comparamos alguns modelos similares em revisão periódica de seis meses, por exemplo, o custo médio para os elétricos é de R$250,00 em cada revisão, enquanto nos carros à combustão chega até R$800,00.

Imagem: Pixabay

Custos de revisão em carros elétricos

Se compararmos com um Peugeot 208 1.6 que custa R$89.000, o custo da remoção para o consumidor depois de 60 mil quilômetros rodados é de basicamente R$4.828. Entretanto, quando comparamos com o mesmo modelo na versão elétrica, esse valor desce para R$2.103,00.

Enquanto o plano de manutenção do carro moviddo a combustão custa praticamente 5,4% do valor do carro, às revisão do veículo elétrico saem cerca de 0,8%. Na comparação entre os dois, o plano elétrico sai 56% mais barato.

Hoje em dia, o modelo da JAC, o E-JS1, é o carro elétrico mais econômico a ser comercializado no nosso mercado. O seu plano de revisão é igual ao do E-JS4, entretanto, a vantagem é que os custos do E-JS1 são mais em conta, saindo pelo preço base de R$164.900,00.

Em seu plano de revisão são inspecionados os itens do motor elétrico, além de incluir a troca do filtro do ar-condicionado e também do fluido dos freios. Esse modelo também oferece 5 anos como garantia para o veículo, e a sua bateria não tem limite de quilometragem.

Menos gastos para andar

Além do processo de manutenção sair mais em conta para o bolso dos consumidores, o carro elétrico também proporciona uma economia durante o dia a dia, principalmente se formos analisar fatores como o aumento do preço do combustível.

Enquanto para encher os tanques dos carros a combustão é preciso gastar cerca de R$275,00, em média, o carro elétrico para ter a sua carga completa vai gastar apenas R$22,44.

Além dessas vantagens para o consumidor final, frotas de veículos eletrificadas, como os carros das empresas, acabam proporcionando uma melhor gestão das companhias sobre como ocorre o uso de carros pelos seus colaboradores.

Isso ajuda muito na diminuição de veículos nas ruas, economia na hora de locar, evitar multas e outros problemas.

É importante ressaltar também que o mercado dos carros elétricos está em uma grande expansão. Essa tendência vem para ficar e é melhor se atualizar o quanto antes.

Imagem padrão
Edson

Iniciando o primeiro período na faculdade de cinema e redator. Trabalhando com a escrita desde 2018, sempre encarei os meus textos com grande responsabilidade, e escrever sobre finanças e economia não vai ser diferente. Descomplicar esses temas para o público geral com certeza é o meu maior desafio, e espero que vocês me acompanhem nessa.

Deixar uma resposta