Lamborghini Urus: conheça a história do SUV superesportivo

Lamborghini Urus: conheça a história do SUV superesportivo

Um dos modelos mais vendidos da marca, o SUV Lamborghini Urus além de popular, se destaca por sua força. Conheça a história deste modelo!

A Lamborghini lançou o Urus em 2018, o segundo utilitário esportivo da história da marca (o primeiro foi o LM002) nasceu como carro-conceito no Salão de Pequim de 2012. Desde o seu lançamento, o modelo vem mudando a história da marca italiana no mercado automotivo mundial.

Desde a revelação mundial do Urus, feita em dezembro de 2017 pela Lamborghini, o volume de vendas da marca teve aumento expressivo. Em 2019, primeiro ano completo de vendas do SUV, as vendas totais da marca dobraram a nível global. Atualmente, o Urus é um dos modelos da Lamborghini mais vendidos.

O começo da história do Lamborghini Urus 

O carro-conceito Lamborghini Urus foi revelado no ano de 2012, no Salão do Automóvel de Pequim. Na época, as suas principais especificações eram: o motor V10 de 5,2 L compartilhado com o Gallardo e o propulsor que gerava uma potência máxima de 592 cv. O conceito já possuía um sistema de tração nas quatro rodas.

A marca trabalhou para que, em sua criação, o Urus emitisse menos carbono no meio ambiente em comparação com seus concorrentes: o Porsche Cayenne, Bentley Bentayga e o Audi Q7. 

Ao contrário dos outros modelos da marca, o SUV foi criado com intuito de ser um carro ideal para o dia a dia dos condutores, sendo maior e mais confortável. Além disso, o design da parte de fora do Urus tem forte influência do carro-chefe V12 da empresa, o Aventador. 

No ano de 2017 a Lamborghini apresentou a versão de produção do SUV Urus com grandes mudanças em relação ao modelo apresentado em 2012. Nesta versão, foram feitas mudanças no exterior, além de um trem de força diferente do conceito.

Motor do Lamborghini Urus 

O Uris não conta com os motores V10, naturalmente aspirados (como usado no conceito) ou motores V12. Ele é alimentado por um 4,0 L V8 biturbo capaz de gerar 641 cv de potência, com isso, se tornou o primeiro da fabricante com sobrealimentação. O motor é montado em uma fábrica da Volkswagen na Hungria e enviado para a fábrica de montagem da Lamborghini. 

Este motor já foi aplicado em alguns carros do Grupo Volkswagen, incluindo o Porsche Cayenne e o Panamera, bem como o Audi S e RS, o A8, o Bentley Continental V8 e o Flying Spur V8. 

O resultado do motor são: 659 cv de potência a 6.000rpm e 86,7 kgfm de torque a 2.250 rpm. O câmbio é automático de oito marchas.

Especificações

O Lamborghini Urus é um modelo bem mais leve do que a maioria de seus concorrentes, com menos de 2.200 kg, isso graças ao  uso extensivo de polímero reforçado com fibra de carbono.

Essa especificação foi baseada na mesma plataforma do Audi Q7, Bentley Bentayga, Porsche Cayenne e Volkswagen Touareg. 

Em relação aos freios, a marca desenvolveu o maior conjunto de freios a disco de cerâmica de carbono do mundo. Eles são compostos por discos de 440 mm na frente e 370 mm na traseira, além de pinças de pistão único na parte traseira e de dez pistões na frente.

40% do roque disponível é enviado para as rodas dianteiras e  60% para as rodas traseiras, isso graças ao sistema de tração nas quatro rodas do SUV. Ele também usa vetorização de torque para enviar até 70% para a frente ou 87% para a traseira, quando necessário.

Edson

Iniciando o primeiro período na faculdade de cinema e redator. Trabalhando com a escrita desde 2018, sempre encarei os meus textos com grande responsabilidade, e escrever sobre finanças e economia não vai ser diferente. Descomplicar esses temas para o público geral com certeza é o meu maior desafio, e espero que vocês me acompanhem nessa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.