Qual é o grau de confiabilidade da Renault? Uma avaliação honesta sobre a marca de automóveis!

Veja neste artigo qual é o grau de confiabilidade da Renault e se vale a pena ou não comprar um carro da marca!

Em 2015, a Renault foi a décima maior montadora do mundo em volume de produção. 

Uma das marcas mais conhecidas no Brasil e no mundo, a Renault é conhecida por fabricar automóveis urbanos e familiares acessíveis, que são ótimos de dirigir e bem construídos.

Mas, qual é a confiabilidade da Renault?

Neste artigo, analisamos o quão confiável a Renault é, e como isso se compara aos seus rivais.

Portanto, fique com a gente até o final deste artigo e saiba qual é o grau de confiabilidade da Renault.

Afinal, qual é o grau de confiabilidade da Renault?

grau de confiabilidade da Renault

Os Renault são bastante confiáveis. Na pesquisa de confiabilidade Telegraph de 2017, eles colocaram a 14ª posição da Renault entre as  marcas 20 para a confiabilidade. 

A Auto Express colocou o Renault 11º em sua tabela de confiabilidade, com uma pontuação de confiabilidade de 93,72 de um total de 100. A Reliability Index colocou a Renault em décimo lugar em sua tabela de confiabilidade. 

Além disso, eles também dão um índice de confiabilidade de apenas 89, o que é muito bom comparado com a média da indústria de 118 (quanto menor a pontuação, melhor). 

Todas essas grandes empresas internacionais de pesquisa apontam que a Renault é uma marca de confiança, mas que pode apresentar alguns problemas.

Quão confiável é o Renault Clio?

Se olharmos para modelos individuais, a Renault se sai muito bem. O Renault Clio tem um índice de confiabilidade de 63, o que é muito bom, e um custo médio de reparo de R$1570. 

Parece que os principais problemas com o Clio se resumem à eletricidade e ao eixo e suspensão, ambos respondendo por 32,76% dos problemas.  

O Renault Megane é confiável?

O Renault Megane tem uma pontuação ainda melhor e tem um índice de confiabilidade de apenas 61. 

Desse modo, os custos de reparo são mais baixos, com uma média de R$1560,00. 

Novamente, os principais problemas parecem ser com os elétricos, sendo 41,41% do problema, e ficando em segundo lugar o eixo e a suspensão com apenas 16,16% do problema.

Por que a Renault é confiável?

Uma das razões pelas quais eles são confiáveis é que não custam muito para serem reparados quando os problemas surgem. 

E também não estão fora da estrada por muito tempo quando estão sendo consertados. Como os Renault são populares e também carros bastante comuns, isso significa que suas peças são mais comuns e, portanto, levam menos tempo para serem consertadas. 

Os veículos da marca também são mais acessíveis e, portanto, isso mantém os custos de reparo baixos. 

Além disso, os carros Renault são projetados para serem acessíveis, o que significa que eles não têm necessariamente uma quantidade enorme de nova tecnologia neles. 

Isto não é de forma alguma uma coisa ruim, significa que há menos coisas erradas com esta tecnologia moderna. 

Um dos problemas que muitas marcas de luxo enfrentam hoje é que a tecnologia moderna que colocam em seus carros pode muitas vezes dar errado, e pode ser cara para reparar e substituir. Isto pode diminuir sua confiabilidade. 

No entanto, a Renault não tem esse problema e, portanto, sua confiabilidade é consideravelmente melhor. Você tende a descobrir que este é o caso das marcas de carros mais acessíveis, e a Renault não é diferente.

Portanto, esta poderia ser uma razão pela qual a Renault é mais confiável do que outras marcas de automóveis.

Gostou do nosso artigo sobre o grau de confiabilidade da Renault? Então aproveite e compartilhe este artigo com os seus amigos e familiares que se interessam por carros!

Dúvidas? Deixe abaixo nos comentários!

Imagem padrão
Bruna Cezario

Estudante de Administração pela Universidade de São Paulo, atuo como redatora de conteúdo digital. Sou apaixonada por marketing digital, empreendedorismo, finanças e carros. Tornar esses assuntos fáceis de serem compreendidos por você, é o meu principal propósito!

Deixar uma resposta